Inicial > Dicas > Erro digito verificador IRPF 2013-Caixa Econômica

Erro digito verificador IRPF 2013-Caixa Econômica

Contribuintes que desejam receber a restituição do IR 2013 na Caixa Econômica Federal devem estar atentos na maneira correta de preencher a conta para crédito para assim evitar erros e problemas no momento da restituição.


Publicidade

O prazo para entrega do imposto de renda 2013, ano base 2012, termina no dia 30 de abril, por isso é importante não deixar para a última hora e correr o risco de acabar perdendo o prazo e assim pagando multa pelo atraso na declaração do seu IR 2013.

E por falar em imposto de renda, recentemente diversas pessoas comentaram que enfrentaram problemas no momento de inserir sua conta para restituição do imposto de renda, especialmente pessoas que possuíam conta corrente da Caixa Econômica Federal, pois o sistema retornava alerta de que o digito verificador da conta estava incorreto, mesmo a pessoa aparentemente colocando todos os valores corretamente.

E caso você esteja enfrentando esse tipo de problema, vamos trazer algumas dicas que com certeza iram ajuda.

? Verificar última versão do software de IRPF 2013: O primeiro passo a ser realizado é verificar qual versão do IR esta instalado em seu computador, e verificar se existe uma versão mais atualizada no site da Receita Federal, caso a versão que você possua seja a mais antiga, baixe e instale a versão mais recente, para verificar a última versão do programa basta acessar o site da Receita Federal neste link.

Caso a versão esteja correta e atualizada no seu computador, é importante verificar se você esta inserindo de forma correta as suas informações bancárias para restituição.

? Inserir os dados corretamente na declaração: Para contribuintes que desejam receber a restituição do imposto de renda na Caixa Econômica Federal, iram perceber um pequeno aviso ao lado do dígito verificador(um balão azul com um “i”), e ao clicar sobre o mesmo irá receber a seguinte mensagem:
erro-digito-verificador-ir-2013

No campo “Conta para crédito” informe primeiro o código da operação, composto por 3 dígitos, e em seguida o número da Conta, composto por 8 dígitos. Caso a conta informada não possua 8 dígitos inclua zeros entre o código da operação e a conta até completar os 8 dígitos da conta informada.

Isso significa que você correntista da Caixa, deverá preencher a sua declaração da seguinte forma.

Por exemplo, digamos que você possua uma conta corrente na Caixa, desta forma teríamos:
Agencia: 1234;
Conta Corrente: 12345-1
Operação: 001 (como trata-se de conta corrente, a operação é 001, em caso de dúvidas entre em contato com o seu gerente)

E como vemos na mensagem acima, é necessário informar no campo “conta para crédito”, código da operação, seguido de sua conta com 8 dígitos, mas caso a sua conta possua menos que 8 dígitos será necessário preencher com zeros.

No nosso exemplo a nossa conta ficaria assim 00012345, desta forma deveremos preencher o campo “conta para crédito” da seguinte maneira:
00100012345.

Preenchendo dessa forma, ao pedir para verificar pendência, você irá notar que não irá aparecer nenhuma mensagem de erro ou alerta na sua declaração.

É isso pessoal, espero que tenham gostado das dicas aqui deixadas, e em caso de dúvidas fiquem a vontade em enviar seus comentários, tentaremos ajudar no que for possível.


Leia também:
Estamos no Google Plus, siga-nos:

4 Comentários

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2011-2017 - LzDuda.com
Contatos: Redes sociais:fb.com/lzduda - Via e-mail: lzdudablog @ gmail.com
Politica de Privacidade