Inicial > Informação > Teste de segurança dos carros brasileiros-Crash Test

Teste de segurança dos carros brasileiros-Crash Test

Milhares de vidas são perdidas nas estradas brasileiras anualmente, perdas essas que poderiam ter sido evitadas caso estivessem utilizando um carro mais seguro, e os testes de segurança mostram que os carros vendidos no Brasil estão entre os piores.




Em tempos de IPI reduzido, crédito farto e o sonho de ter um carro zero quilometro na garagem, muitos brasileiros foram as concessionárias para comprar seu primeiro carro novo.

E no momento de decidir qual carro comprar, muitas pessoas analisam questões como de consumo, manutenção, desvalorização e beleza externa, sendo raro os consumidores que buscam e pesquisam a respeito de qual o nível de segurança que o carro que ele pretende comprar oferece.

E infelizmente no quesito segurança dos carro, o Brasil esta com a décadas atrás de países de primeiro mundo da Europa e EUA, visto que a maioria dos carros fabricados em nosso país, principalmente os tidos populares, oferecem pouca ou nenhuma segurança a seus passageiros, e o resultado desse descaso por parte das montadoras e dos governantes que poderiam cobrar e criar leis para a solução desses problemas reflete-se nas estradas com milhares de vidas ceivadas anualmente devido a acidentes de transito, onde muitas vidas poderiam ser salvas casso os carros fossem mais seguros.

Resultados Crash Test de carros brasileiros

No último dia 13 de novembro de 2012, a Latin NCAP, divulgou comunicado a respeito da Fase III dos testes de batidas realizados nos carros que são comercializados na América Latina, e segundo informações disponibilizadas no comunicado oficial, apesar de observarem algumas melhorias em alguns modelos, os resultados dos testes de segurança nos carros da América Latina, isso inclui o Brasil, estão muito abaixo do esperado no quesito de segurança.

Ainda citam que que alguns modelos, entre os mais populares, estão a cerca de 20 anos atrasados quando se comparados aos vendidos em países desenvolvidos, além de estarem abaixo dos padrões mundiais de segurança.

Para quem não conhece, a Latin NCAP tem como objetivo informar aos consumidores da América Latina e do Caribe qual o nível de segurança dos carros novos de forma independente e imparcial.

Os piores de segurança

Segundo o comunicado, nesta terceira fase do Latin NCAP, dos oito veículos testados os os que obtiveram pior desempenho são o JAC J3 e o Sandero da Renault.

O J3, mesmo contanto com Air Bag duplo levou somente uma estrela pelo fato da carroceria possuir uma pobre resistência estrutural, ou seja, a deformação causada na batida poe em risco os ocupantes do veículos, e neste tipo de situação os AirBags não trazem a devida segurança a seus passageiros.

Já o Sandero além de possuir uma carroceria instável, não possui airbags, por isso receberam apenas uma estrela na nota de segurança para passageiros adultos.

Reforçando que as informações aqui publicadas tem como fonte o comunicado oficial da Latin NCAP, que inclusive trás no seu final uma tabela com as respectivas notas de todos os carros testados.

Carros brasileiros no Crash Test

Para quem gostaria de saber mais a respeito dos resultados de segurança de outros carros brasileiros, basta acessar a página de testes da Latin NCAP 2012, no qual irá encontrar uma relação por marcas e modelos, no qual é possível assistir ao vídeo do teste de batida(Crash Teste) e também as notas de segurança para adultos e crianças recebidos por cada modelo, abaixo trazemos a relação dos carros vendidos no Brasil que já passaram pelo teste de segurança da Latin NCAP, a relação esta em ordem dos mais seguros para os menos seguros(passageiros adultos):

- Toyota Corolla XEI;
- Ford Focus Style;
- Chevrolet Cruze;
- Nissan Tiida Hatchback;
- Toyota Etios Hatchback;
- Ford New Fiesta;
- Honda City;
- Renault Fluence;
- VW Polo;
- Fiat Palio ELX 1.4 Emotion;
- VW Clássico(BORA);
- VW Gol Trend 1.6;
- Nissan Tiida Hatchback;
- Chevrolet Meriva;
- Nissan March;
- Peugeot 207;
- Vw Gol Trend;
- Fiat Palio ELX;
- Renault Sandero;
- Chevrolet Celta;
- JAC J3;
- Ford Ka Fly Viral;
- Chevrolet Corsa Classic;
- Fiat Novo Uno;
- Geely CK1 1.3;

Para saber qual a metodologia utiliza nos testes de batidas, basta acessar essa página aqui.

A importância dos testes de segurança

Os testes realizados pela Latin NCAP, são vitais uma vez que ela trabalha de forma independente, ou seja, sem vínculo com qualquer montadora ou marca, e desta forma pode trazer com transparência o real nível de segurança de nossos carros, pois não basta possuir airbag para dizer que um carro é mais seguro, e nos últimos testes foi provado que é fundamental o carro possuir uma boa estrutura, caso contrário a vida dos seus ocupantes correm sérios riscos em caso de algum tipo de colisão.

O mais impressionante, é que os testes são realizados com um veículo a 64km/h e os estragos causados são enormes, então agora imagine um acidente com velocidades maiores, as chances de sobreviver em um carro com “uma estrela” de nota é muito baixo.

Na Europa por exemplo, é muito comum os consumidores definirem a sua compra baseado nos testes de batidas feitos pela Euro NCAP, no Brasil infelizmente a grande parcela dos compradores de carros preocupa-se muito mais com a aparência e detalhes estéticos do que com a segurança, quem sabe nos próximos anos esse cenário mude, pois somente o consumidor cobrando e deixando de comprar é que as montadoras iram trazer produtos melhores e mais seguros.





Leia também:
Artigos possivelmente relacionados:
Estamos no Google Plus, siga-nos:

Tem Facebook? Curta e receba atualizações diretamente no seu face!

Sem comentarios ainda! Seja o primeiro.

Deixe seu comentario e agregue mais valor para esse artigo!