Inicial > Noticias > Tenho medo da crise no Brasil em 2016

Tenho medo da crise no Brasil em 2016

Com uma grande retração econômica, empresas contratando cada vez menos e inclusive reduzindo postos de trabalho, o medo e as incertezas crescem a cada dia entre os brasileiros.


Publicidade

Crise no Brasil já foi assunto em outra oportunidade aqui em nosso blog, e apesar do assunto principal em nossas páginas estar relacionada a vagas de emprego, o assunto em questão é algo que esta totalmente relacionado, afinal um país em crise irá gerar menos emprego e menos renda, e uma população com menos dinheiro irá consumir menos e como já escrevi outras vezes, acaba fazendo com que as engrenagens da economia acabem aos poucos parando em um verdadeiro efeito cascata.

E basta “dois dedos” de conversa em qualquer lugar, seja na fila do banco ou do supermercado, para perceber que a maioria das pessoas esta bem informada e acompanhando de perto as questões econômicas do Brasil, com preocupação especialmente em relação a inflação e o desemprego.

E algo que tem chamado a minha atenção, é que muitas pessoas estão comentando do medo que a crise atinja o Brasil de maneira ainda mais forte em 2016, como reflexo das medidas que estão sendo tomadas desde o inicio de 2015, e muitos compreendem que este é o remédio amargo, necessário para colocar o Brasil novamente “nos eixos”, depois de anos da farra do crédito fácil e abundante.

Com isso, ter medo é algo absolutamente normal, medo de perder o emprego, de não conseguir honrar com as dívidas e contas, etc, o medo vai sempre existir em tempos difíceis, infelizmente em situações como a que vivemos atualmente no Brasil não existe muito o que possa ser feito a não ser continuar trabalhando forte e duro, vestindo a camisa da empresa para ser sempre lembrado como ótimo profissional e assim não ser demitido em um momento de crise que a empresa apresente.

Por outro lado é sempre tentar e ter as contas sempre em dia e evitar novas dívidas, especialmente aquelas de longo prazo, afinal o cenário atual não mostra uma recuperação a curto prazo.

E o melhor de todos os cenários, além de não dívidas, é conseguir poupar e assim fazer um “pé de meia”, poupança, para ser usada em momento de dificuldades que possam vir a surgir.

Por fim, só resta esperar e torcer para que as previsões mais negativistas para 2016 não venham a acontecer, mas caso aconteçam é fundamental estar preparado e ciente para não ser pego(a) de surpresa.

E você tem medo da crise em 2016 ? Acredita que ela pode ser ainda pior do que vivida nos últimos meses?


Leia também:
Estamos no Google Plus, siga-nos:

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2011-2016 - LzDuda.com
Contatos: Redes sociais:fb.com/lzduda - Via e-mail: lzdudablog @ gmail.com
Politica de Privacidade