Inicial > Emprego > Principais erros ao abrir uma empresa

Principais erros ao abrir uma empresa

O sonho de muitos brasileiros é ser dono do próprio negócio, ou seja, ser empreendedor, porém abrir uma empresa e um novo negócio requer bastante cautela para evitar erros que podem acabar com o novo negócio em poupo tempo.


Publicidade

Em tempos de crise empreender pode ser uma ótima saída, especialmente para quem possui grande experiência em determinado setor e está encontrando dificuldade para regressar ao mercado de trabalho.

E no momento que uma pessoa decide que terá o seu próprio negócio, antes de começar a colocar a mão na massa, é necessário planejamento, e estudar bem se o negócio que você deseja abrir é realmente viável a curto, médio e longo prazo.

Afinal, sempre existe aquela empolgação e euforia no inicio, de começar logo, de faturar, etc, porém essa euforia pode ser muito danosa, e pode levar a iniciar um novo negócio de maneira muito precipitada, sem visualizar todos os riscos que podem estar envolvidos, por isso um dos principais erros que muitos iniciantes cometem quando o assunto é empreendedorismo é a precipitação!

Precipitação

Sim, todos que desejam empreender, o que mais querem é ver o seu negócio em pleno funcionamento, faturando, dinheiro entrando, e os lucros chegando, porém como já relatado de forma sucinta no parágrafo anterior, a pressa em iniciar logo um novo negócio é bastante tóxica, e leva a não perceber problemas e erros na estrutura do negócio.

Então aqui também vale aquele velho ditado que diz que a pressa é inimiga da perfeição.

Não fazer um estudo de caso

Vamos imaginar que o seu sonho é abrir um pet shop por exemplo, você gosta de animais, julga ter bons conhecimentos no assunto, enfim, então pega todas as suas economias, aluga um ponto comercial, compra estoque, investe em divulgação, etc.

Com o tempo percebe que a clientela é pouca, e o que fatura não é suficiente nem mesmo para manter a estrutura do seu negócio, nem para a folha de pagamento.

Então você resolve entender os motivos do fracasso do seu negócio, e percebe que o local/bairro onde você instalou seu pet shop é em uma região já saturada com esse tipo de serviço.

E a partir do momento que você não oferece um produto ou serviço diferenciado da concorrência, que já está a mais tempo no setor, a tendência a médio prazo é você falir.

Porém, esse tipo de erro pode ser facilmente evitado ao fazer um estudo de casos, ou seja, analisar como está o mercado para o setor que você pretende atuar, a concorrência é grande? Existe clientela para seus produtos e serviços? É possível agregar valor ao seus produtos e serviços de forma que seja possível destacar-se da concorrência?

É sempre fundamental buscar essas e outras respostas antes de iniciar um negócio, pois esse é um dos principais erros que leva muitos empreendedores a falência rapidamente.

Sua ideia é realmente boa e inovadora?

Sabemos que a criatividade em tempos de crise é fundamental para superar as dificuldades, no entanto acreditar que tem uma ideia realmente boa, não basta para garantir o sucesso.

Apesar de que acreditar nos sonhos e acreditar que é capaz ser algo positivo, simplesmente agarrar-se em uma ideia pode ser um grande erro no momento de empreender, pois é neste momento que muitos acabam cometendo diversos outros erros, como a pressa para por em pratica essa ideia sem analisar o mercado.

E novamente outro erro, que é não fazer o estudo de casos, pois muitas vezes aquela ideia que um futuro empreendedor acredita ser inovadora, pode não ser, pode ser que não exista mercado para o serviço ou produto idealizado, pode ser que os custos sejam altos demais e não exista demanda pelo preço que será cobrado, enfim.

Em resumo, para empreender é necessário paciência, pés nos chão e estudar sempre muito bem o seu futuro negócio, colocando sempre no papel os ponto positivos e negativos e todos os riscos envolvidos, para que assim você possa contornar todos eles e evitar cometer erro simples, mas que podem custar a vida do seu negócio e consequentemente todas as suas economias de uma vida.


Leia também:
Estamos no Google Plus, siga-nos:

2011-2017 - LzDuda.com
Contatos: Redes sociais:fb.com/lzduda - Via e-mail: lzdudablog @ gmail.com
Politica de Privacidade